Resenha: Belo Desastre - Jamie McGuire

ISBN: 9788576861911
Páginas: 389
Editora: Verus
Pontuação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

() Favoritado!

SINOPSE: A nova Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. 

Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento de Travis pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura.

Emocionante. Avassaladora. Assim é a história de Abby e Travis Maddox. Abby tem 18 anos e luta pra esquecer um passado que tanto a atormentou. Travis é um bad boy que vive rodeado de mulheres. Eles se conhecem em uma luta de Travis e no momento em que seus olhares se cruzam algo muda em suas vidas.

De início, o que era para ser apenas mais uma conquista, torna-se amizade e, consequentemente, amor. Nenhum dos dois admite o que sentem, mas como negar o óbvio? Devido a um problema nas caldeiras dos dormitórios da faculdade, Abby e sua amiga America, namorada de Sherpley e primo de Travis, partem para a casa dos meninos.

Porém, surge um pequeno probleminha: onde Abby irá dormir? America dorme com o namorado e só resta o sofá em que Travis fica com suas conquistas. Travis, como um "cavalheiro", oferece o quarto dele, mas só há uma cama, da qual ele não abre mão. Ele promete respeitá-la e os dois passam a dormir juntos como “irmãos”. Porém, o sentimento de Travis por Abby cresce a cada dia e pensar que está próximo o dia dela voltar para o dormitório o deixa angustiado. Eis que surge uma solução: uma aposta. Se ele não deixar que seu adversário na luta o acerte um único golpe, Abby passará mais um mês em seu apartamento. Se ela ganhar, porém, ele ficará um mês sem sexo. E quem ganha? Travis! Abby fica mais um mês, tempo em que os aproxima ainda mais. 

“ – Quero. Aposto que ele acerta um soco em você.– E se não acertar? O que é que eu ganho? – Ele me perguntou.Dei de ombros enquanto a gritaria do outro lado da parede se transformava num rugido. Adam cumprimentou a multidão ali reunida e depois repassou as regras.– Se você ganhar, fico sem sexo durante um mês – ergui uma sobrancelha e ele sorriu de novo– Mas, se eu ganhar, você tem que passar um mês comigo.”

Apaixonar, tornar-se inevitável, mas o medo de reviver tudo aquilo pelo qual Abby tanto lutou para fugir e esquecer parece voltar novamente com Travis. Abby é uma garota que acaba tendo que amadurecer muito rápido e aprende desde cedo a se virar sozinha, tendo como apoio os pais de America que a acolhem como uma filha. Teve momentos na história que sentir vontade de dar uns tapas em Abby e quem lê irá entender o motivo. Mas, gostei muito da personagem, principalmente de sua relação com America. A amizade das duas é algo lindo, verdadeiro. America é aquela amiga para todas as horas, que não importa o que aconteça, ela sempre estará ao lado de Abby.

Travis, mesmo com seu jeito bruto, estourado de ser, ele me conquistou do início ao fim da narrativa. Mesmo cometendo algumas besteiras, ele luta para conquistar Abby, para merecer o amor dela. Tudo que ele faz é pensando nela, mesmo quando ele mete os pés pelas mãos. Os dois juntos são uma avalanche de sentimentos e a autora se utiliza dessa personalidades deles para causar também no leitor uma confusão de emoções. 

A obra é narrada em primeira pessoa, sob o ponto de vista de Abby, com uma narrativa leve, engraçada e recheada de muita emoção.

Quando estão juntos, tudo é lindo e maravilhoso ao redor. No entanto, quando brigam provocam um verdadeiro desastre. O enredo é maravilhoso e prende o leitor do início ao fim de forma surpreendente. Não tem como não se apaixonar por esse casal que é realmente um belo desastre.

" Eu não sabia, no segundo em que te conheci, que havia algo em você que eu precisava. Acabou que não era algo em você. Era simplesmente você."



                                                Autor(a) da resenha: Caroline Oliveira

0 comentários :

Postar um comentário