Resenha: Cidades de Papel-John Green

I.S.B.N. 9788580573749
Título Original: Paper Towns
Título Brasileiro: Cidades de Papel
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Edição: 2013
Tradução: Juliana Romeiro
Pontuação: ♥ ♥ ♥ ♥


Sinopse: "Cidades de Papel" é uma história sobre amadurecimento, centrada em Quentin e em sua enigmática vizinha, Margo, que gostava tanto de mistérios, que acabou se tornando um. Depois de levá-lo a uma noite de aventuras pela cidade, Margo desaparece, deixando para trás pistas para Quentin decifrar. A busca coloca Quentin e seus amigos em uma jornada eletrizante. Para encontrá-la, Quentin deve entender o verdadeiro significado de amizade – e de amor.

O livro conta a história de Quentin, também chamado de Q, um garoto em seu último ano de escola, que é apaixonado por sua vizinha e, em sua opinião, o seu milagre: Margo Roth Spielgelman, a garota mais amada e popular da escola. Eles se conhecem desde os dois anos de idade e sempre foram amigos. Um dia, aos dez anos, os dois encontram um cara morto em um parque, quando estavam andando de bicicleta. Mas, com o tempo, cada um segue um caminho diferente, porém não esquecem daquele homem.

Anos depois, em uma noite, Margo aparece na janela de Q o convidando para uma aventura, e ele aceita. Os dois invadem o Sea World, deixam três bacalhaus de presente para alguns amigos de Margo, visitam o SunTrust e depilam a sobrancelha de Chuck. No SunTrust, os dois conseguem enxergar quase toda a cidade de papel que é Orlando. Quando chega em casa, Q percebe que aquela foi a melhor noite de sua vida.


Margo sempre adorou um mistério. E, com tudo o que aconteceu depois, nunca consegui deixar de pensar que ela talvez gostasse tanto de mistérios que acabou por se tornar um. ” 

Porém, tudo muda quando Margo some no dia seguinte. Não é a primeira vez, e ela sempre deixa dicas para onde foi a alguém, seja na sopa de letrinhas ou em um comentário anônimo na internet. Depois de uns dias, o sumiço já está muito longo e todos ficam preocupados, e Q resolve investigar o paradeiro de Margo e para isso ele conta com ajuda de seus amigos para embarcar nessa aventura e desvendar esse mistério. 

Hoje, meu bem, vamos acertar um monte de coisas que estão erradas. E vamos estragar algumas que estão certas. Os últimos serão os primeiros; e os primeiros serão os últimos; os mansos herdarão a terra. Mas, antes de redefinir completamente o mundo, precisamos fazer compras. ”

A escrita de John é leve e fácil, e em nenhum momento o leitor fica entediado. Fiquei sem largar o livro durante os três dias. Porém, achei o final meio previsível, apesar de a estrada até ele ser bastante interessante se tornando a melhor parte do livro. Como já falei o que eu não gostei foi o desfecho, e quanto a isso não poderei discutir com vocês, pois é um baita spoiler, mas confesso que demorei uns dias para engolir.

Deixando o meu incomodo de lado, quero dar os parabéns pelo trabalho gráfico a Editora Intrínseca. Sou um grande admirador do trabalho dessa editora. A capa traz o conteúdo do livro, com suas folhas amareladas e revisão satisfatória.
Indico o livro para aqueles que buscam um romance com um pouco de mistério e até posso dizer com uma pitada de comédia… É muito divertido tentar descobrir o paradeiro da Margo, junto com Quentin, Ben e Radar! Narrativa impecável do incrível John Green.
Desejo a todos uma boa leitura!


Autor (a) da resenha: Luan Henrique Almeida




2 comentários :

  1. Esse é um livro que já tentei ler e simplesmente não funcionou para mim, assisti ao filme e este me gerou alguns incômodos, em relação a história mesmo, enfim, não é um livro que eu tenha muita vontade de dar uma segunda chance por agora.
    Estou seguindo e curtindo muito o blog!
    Abraços.
    Tenho um blog no qual falo sobre filmes, series e cultura no geral. Se puder dar uma conferida ficarei muito grata: http://cineleva.blogspot.com.br/ :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Wilma, ficamos muito feliz que esteja curtindo o blog.
      Os livros do John Green realmente causa isso em alguns leitores, eu particularmente gostei bastante de ambos (filme e livro) apesar do final. Leia outros livros do autor como Quem é você, Alasca? e veja se gosta. Conferimos seu blog e amamos, já estamos seguindo. :)

      Excluir