Resenha: O Julgamento de Gabriel- Sylvain Reinard

Título original: Gabriel’s Rapture
Autor: Reynard, Sylvain
Editora: Arqueiro
I.S.B.N. 9788580411850
Idioma: Português
Tradutor: Fabiano Morais
Edição: 2013
Nº de páginas: 384
Pontuação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
() Favoritado!

Sinopse: Eles estão vivendo uma paixão arrebatadora. Mas muitas pessoas são contra esse amor. Gabriel Emerson e Julia Mitchell se conheceram há muito tempo, quando ela ainda era adolescente, numa noite mágica e confusa. Mas, apesar de todo o sentimento que nasceu entre eles, no dia seguinte seus caminhos se separaram. Anos depois eles se reencontraram quando Julia começou o mestrado na Universidade de Toronto. Gabriel era um professor enigmático, sedutor e muito arrogante que a atormentava e perseguia. No entanto, o que mais fazia Julia sofrer era ele não se lembrar dela. Mas nem mesmo o insensível Gabriel é capaz de resistir à profunda conexão que existe entre eles e logo os dois embarcam numa tórrida paixão proibida. Com o fim do semestre e do curso ministrado por Gabriel, eles deixam de ser professor e aluna e enfim estão livres para viver seu amor. Ou pelo menos era o que pensavam. Após uma viagem romântica para a Itália, durante a qual Gabriel ensina a Julia todos os mistérios do prazer e, em troca, aprende com ela o significado do amor verdadeiro, os dois veem seus sonhos ameaçados. Duas denúncias junto ao Comitê Disciplinar da Universidade põem em risco o emprego de Gabriel e a carreira brilhante e promissora de Julia. Será que o professor vai ceder às ameaças ou irá lutar até o fim por sua amada? Será que essa paixão conseguirá resistir a um julgamento implacável? Na apaixonante sequência de “O inferno de Gabriel”, Sylvain Reynard constrói uma bela história de amor, da qual os leitores jamais se esquecerão.

Nesse segundo volume da trilogia, somos mais uma vez agraciados com uma escrita rica em detalhes e muito bem escrita, além de abordar um vasto conteúdo cultural. Eis que é chegado o momento em que o amor de nosso querido casal é colocado à prova. E como o próprio título, é o momento de Gabriel se auto avaliar, rever suas ações e pagar por elas. 

Após viajarem para a Itália e se entregarem ao amor, Gabriel e Julia estão em uma verdadeira lua de mel. Mas alguns medos demoram a ser esquecidos e Julia teme que a qualquer momento seu amado a deixe como fez alguns anos atrás quando a deixou sozinha no pomar. 

"-Eu amo você, Beatriz. Não vou abandoná-la. Você sabe disso, não sabe?
-Doeria muito mais perder você agora."

O livro inicia justamente no momento que estão em Florença para uma palestra que será ministrada por Gabriel sobre Dante e é lá que os problemas do nosso casal começa. E tudo por um momento de ciúmes em que Gabriel afirma a Guiseppe, também professor, que Julia é sua fidanzata (noiva). Gabriel sabe do risco do relacionamento dos dois, afinal, eles vivem uma paixão proibida que a qualquer momento pode ser descoberta e que pode acabar com a carreira de ambos, mas o seu desejo de marcar Julia como sua, de afastar qualquer homem do seu lado, não o deixa raciocinar sobre os perigos que os rodeiam. 

"- O que preciso fazer para torná-la minha?- rosnou ele, a boca colada na dela.
- Eu sou sua.
-Não esta noite, ao que parece.- Gabriel sugou o lábio inferior dela para dentro da boca, mordiscando-o de leve.- Não entendeu minha palestra? Cada palavra, cada pintura foi para você."

O lindo casal continua a aproveitar a bela Florença, explorando os mais belos pontos turísticos e aos poucos Julia vai ensinando a Gabriel a bondade, o perdão e passam a compartilhar sonhos e medos. Mas o mal continua a espreita, esperando o momento certo para agir e destruir o mundo de felicidade do casal. Crista Petterson não aceita ter sido rejeitada por Gabriel, muito menos ter sido humilhada por ele por causa de Julia. E ela começa a agir sorrateiramente para expulsar Julia da pós- graduação.
E tudo acontece através de duas denúncias ao Comitê Disciplinar da Universidade, destinadas a Julia e Gabriel, colocando em risco o emprego do professor e o futuro da aula.

Enquanto Julia busca meios para proteger os dois, sem que tenham que se separarem, Gabriel passa a agir sozinho, com medo de prejudicar mais ainda sua amada. E assim, sem que Julia saiba de nada, Gabriel toma uma decisão, surpreendendo a ela e dando um fim ao relacionamento, confirmando, desta forma, o medo que ela tinha que ele poderia abandoná-la.

“Você deveria me amar, Gabriel. Deveria me apoiar quando decido defender aquilo em que acredito. Não era isso que queria que eu fizesse? Mas em vez disso, você faz um acordo com eles e me abandona?”

Sylvain mais uma vez não nos decepciona, ao contrário, nos apresenta uma história emocionante do início ao fim. Gabriel, no tempo em que deve ficar afastado de Julia, parte em uma busca pessoal, em que ele passa a analisar sua vida, seus atos, a perdoar e si perdoar. E assim, vemos pouco a pouco a transformação do nosso querido professor em busca da sua redenção. Julia, mesmo cheia de dor e revolta pela atitude de Gabriel, não deixa de sentir a sua falta, ou de reviver tudo que viveram enquanto estiveram juntos. Mas a dor por ter sido abandonada mais uma vez por ele parece profunda demais para suportar.

A narrativa continua seguindo a mesma linha do anterior, em terceira pessoa, em que temos a oportunidade de apreciar os sentimentos tanto de Julia quanto Gabriel, além de termos relances que relatam a vida de outros personagens secundários. Outros pontos além do sexual são discutidos, tendo como foco essa busca de Gabriel em si perdoar. 

Mesmo tendo um enredo dramático, é possível se emocionar e se imaginar vivendo um amor puro, intenso e verdadeiro. Recomendo a leitura dessa obra incrível, com um enredo encantador e apaixonante.

1. Saraiva

Autor (a) da resenha: Caroline Oliveira

22 comentários :

  1. lendo essa resenha deu ate vontade de continuar lendo essa trioligia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, leia que você não irá se arrepender. Ao contrário, ficará se perguntando o motivo de ter demorado tanto. Obrigada!

      Beijos

      Excluir
  2. Ah,o que dizer? Estou encantada com a resenha. Se eu não tivesse lido o livro,com certeza eu iria lê-lo agora. Ai, a cena deles terminand o relacioamento dá uma dorzinha no coração...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Leila, assim você me emociona. Fico tão feliz em saber que estou escrevendo uma resenha que incita mais pessoas a lerem está obra incrível. Obrigada pelo carinho!

      Beijos,
      Caroline.

      Excluir
  3. Olá!
    Eu comecei a trilogia há muito tempo, e acabei parando nesse. Acho que depois dessa resenha, eu vou retomar a leitura, ou melhor, vou recomeçar!

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que irá amar. O Sylvain tem uma escrita incrível e o enredo é maravilhoso. Espero que goste! E obrigada!

      Beijos,
      Caroline.

      Excluir
  4. Oi Caroline.

    Eu não tenho esse livro, mas pela sua resenha eu fiquei com muita vontade de conhecer a trilogia. Principalmente em saber que a história é emocionante e bastante elogiada.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kênia,

      Tenho certeza que irá amar. Você encontra ele baratinho na Amazon ou até mesmo na Submarino.

      Beijos e Obrigada!

      Caroline.

      Excluir
  5. Odeio mulheres (e homens) que não aceitam o fim de um relacionamento. Apropriam-se de uma pessoa como se fosse de seu direito que ela lhe pertencesse. Ninguém pertence a ninguém. E amor não impõe algemas. Eu adorei o enredo, mas confesso que provavelmente sentiria muita raiva por saber que a grande vilã nesse volume é uma mulher que não aceita ter sido rejeitada. :/

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo e respeito sua opinião. Mas, aqui, não estamos falando em aceitar ou não o fim de um relacionamento e sim de alguém tomar uma decisão que envolve os dois.
      Espero que um dia dê uma oportunidade a obra.

      Beijoss

      Excluir
  6. Oi, tudo bem?Acho as capas desa serie lindas, e apesar de gostar de seres lindos assim, não me vejo muito empolgada para lê-los não. Mas fico feliz que mais uma vez o enredo tenha lhe ganhado e lhe agradado tanto.

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Oie Carol!!!
    Menina eu li essa trilogia a alguns anos já, na época acabei lendo uma tradução(bem ruim) - o livro ainda não tinha sido lançado por aqui - não me lembro detalhes específicos deles, mas me lembro de ter gostado muito. Pretendo rele-los muito em breve para saber se minha opinião mudou ou não, espero que consiga fazer isso ainda esse ano rsrsr.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Th.,

      Eu sou suspeita pra falar porque amo essa trilogia, foi um amor a primeira vista literalmente. E tenho certeza que irá amar a leitura, ainda mais de gostar saber um pouco mais sobre obras clássicas, arte...

      Beijoss!

      Excluir
  8. Oie!

    Já ouvi falar tanto nesse livro! Mas ainda não li =/ (pode me bater kkk)
    Sua resenha está muito show, pelo jeito você se apaixonou, hein?!

    Beijos
    http://albumdeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Milena, está tão óbvio assim? Sim, eu me apaixonei por essa trilogia. Sylvain escreve com uma intensidade que nos vemos envolvidos, parecendo mariposas atrás da luz. E não vou te bater (ainda, rsrsrs) se você prometer a ler em breve.

      Beijos e obrigada pelo carinho.

      Excluir
  9. Apesar de não ser muito fã desse gênero, sua resenha me instigou o bastante para que eu coloque ele no topo da minha meta de leitura de 2016. A história me parece apaixonante.

    Beijinhos da Mady.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mady,

      Espero que goste e se apaixone por essa linda história. E obrigada pelo carinho!

      Excluir
  10. Olá!
    Li essa trilogia assim que foi lançada e amei todos os livros. Apesar de achar a personagem meio chatinha com seus questionamentos, mas o enredo é intenso e bem envolvente. Fora que aprendemos muito sobre história.
    Recomendo a todos a trilogia.
    Sua resenha está maravilhosa.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Suelen. Eu também achei algumas atitudes de Julia chatinhas, mas Gabriel superou esses momentos.
      Beijoss

      Excluir
  11. Esse livro me fez chorar muito!
    Adorei sua resenha, e´uma de minhas trilogias preferidas do gênero.
    Parabéns pela postagem!
    Beijos
    Viviane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou apaixonada por essa trilogia!!! Obrigada pelo carinho!!
      Beijoss

      Excluir