Resenha: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática - Thalita Rebouças

Título Original: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática
Autora: Thalita Rebouças
Ano: 2016
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Gênero: Teen Chick Lit (subgênero do Chick Lit)/Infantojuvenil
Pontuação: ♥ ♥ ♥ ♥ 


Sinopse: "Tetê acaba de se mudar com a família toda para Copacabana, no Rio de Janeiro, para a casa dos avós. O lindo e espaçoso apartamento da Barra da Tijuca em que morava teve que ser vendido, pois com a crise o pai foi demitido, e o resultado é que a vida dela virou de cabeça para baixo. Além de perder a privacidade, tendo que dividir o espaço com cinco parentes malucos que brigam o tempo todo, ela perdeu todas as suas referências. A única coisa que a deixa feliz é cozinhar. E, claro, comer as delícias que faz. O lado bom foi se livrar do antigo colégio, no qual sofria bullying por causa de seu jeito peculiar. Sem contar sua desilusão amorosa... O problema é que ela está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola, e sem conhecer ninguém. E morre de medo de ser excluída ou de sofrer bullying novamente. Ela está bem mal, para dizer a verdade. Ou talvez seja um pouco de drama, porque já no primeiro dia as coisas parecem ser um pouco diferentes... Pelo jeito, tudo vai mudar, e para melhor."

Thalita Rebouças é uma famosa escritora nacional, que ficou conhecida por seus livros juvenis. As obras dela têm o intuito de ajudar os jovens nesse período tão conturbado que é a adolescência e a entender todos os problemas que temos nessa fase.

O livro Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática – o título é enorme, kkkkk – tem como tema principal o Bullying, que é tão comum nas escolas. Tetê é uma garota realmente excluída, é gordinha, tem espinhas no rosto, não cuida do cabelo e não tem nenhuma vontade de se vestir de acordo com as roupas da moda, ou seja, se tornando um alvo ambulante para os seus colegas maldosos. Outro problema é que seu nome também não ajuda, pois, seus pais resolveram juntar os nomes dos Avôs e o resultado foi “Teanira”. Nada fácil a vida dela, não é mesmo?

A situação na casa de Tetê se complica quando seu pai perde o emprego e a família precisa mudar, indo morar na casa dos avós maternos dela. Com isso, a menina muda de escola e acaba descobrindo um mundo diferente. Nessa nova escola ela faz amigos, mas continua sofrendo com os comentários de uma menina popular da escola que se chama Valentina. Para piorar, Tetê se apaixona pelo gatinho da sala, que logo descobre ser namorado de Valentina e a relação com a mesma só piora em função disso.
                       
“Ele era o pacote completo, a metade da laranja, a tampa da panela, o spray certo para minha garganta inflamada. ”

Thalita Rebouças nos encanta em uma narrativa cheia de questões a serem resolvidas, cujo os assuntos vão além do Bullying que todos os alunos sofrem. A autora aborda problemas em casa, mortes e crimes virtuais, temas bem atuais aos quais ouvimos, ou temos notícia do seu acontecimento, com frequência. Tudo isso foi escrito de uma maneira bem leve, divertida, informal e adolescente. A autora não poupou nas piadas e gírias, deixando o livro bem gostoso e fácil de se ler. Além disso, Thalita, que tem um canal no YouTube com receitas práticas, colocou algumas delas no meio da obra, todas testadas por ela e são bem fáceis de fazer.

Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática é indicado para o público juvenil, mas todas as idades podem ler, no entanto,  poderão achar a história muito fraca ou alguns dramas desnecessários. Porém, a meu ver, é um modo excelente de mostrar a visão de um adolescente sobre assuntos cotidianos.

“Se amar é sofrer, prefiro sofrer por outras coisas. ”

Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática, conversa com os leitores adolescentes, tentando ajudá-los a superar problemas que a maioria passa ou já passou, e por isso é uma leitura mais do que recomendada. Se você tem de 12 a 18 anos e sofre ou já sofreu com bullying, falta de amigos ou namorados ou problemas em casa, esse livro com certeza irá te ajudar. O mesmo vale para quem tem filhos ou parentes na mesma situação, deem um exemplar para eles (com certeza fará uma grande diferença na vida deles). E leiam também para poderem entender o quão difícil é essa fase. 

"Todo mundo tem seus dramas. Mas a gente não está na pele do outro para sentir."



Autor da resenha: Luan Henrique de Almeida

1 comentários :

  1. Eu gosto da autora, mas nunca comprei um livro dela, já li em pdf algumas obras. E vou começar comprando por esse, interessei por ele. beijos

    Taynara Mello | Indicar Livros
    http://www.indicarlivros.com/

    ResponderExcluir