Resenha: Extraordinário - R. J. Palacio

Livro: Extraordinário
Título Original: Wonder
Autor (a): R. J. Palacio
Editora: Intrínseca
Gênero: Ficção Americana
Páginas: 320
Pontuação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
() Favoritado!


Sinopse: August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade… até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.


Auggie é um garotinho extraordinário, de uma maturidade incrível, mas que só quer ser uma criança como qualquer outra, porque ele nunca se sentiu como os outros.

Quando nasceu, Auggie foi diagnosticado com uma doença genética, que deformava seu rosto. Depois de muitas cirurgias, idas e vindas do hospital, o menino não conseguiu jamais conviver com crianças da sua idade. Mas quando seus pais decidem que talvez seja hora de ele ir para a escola, Auggie já sabe que este será seu maior desafio.



Em meio a olhares curiosos, piadas cruéis e amigos verdadeiros, Auggie vai construir um verdadeiro manifesto à gentileza, em favor da igualdade e do amor ao próximo.

"Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil."

Narrado pela perspectiva de Auggie, e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, o livro Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos (família, amigos e comunidade), sendo um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.

"Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo."
São apresentados conceitos bastante valiosos, tais como o da amizade, de uma família com alicerces concretos na formação das crianças e a gentileza, assim como nos mostra as partes tóxicas da sociedade, como os indivíduos preconceituosos e os pais que largam os seus filhos justamente nos momentos em que eles mais precisam.

"Todo que é nascido de Deus vence o mundo."


Palacio conduz uma narrativa extremamente gostosa de se ler, apropriada para todas as idades, nos possibilitando uma grande reflexão sobre nossa vida e que podemos ser felizes com o pouco que temos e que a aparência, definitivamente, não é tudo o que devemos levar em conta em uma pessoa.

"Mamãe e papai também não me acham comum. Eles me acham extraordinário. Talvez a única pessoa no mundo que percebe o quanto sou comum seja eu."

Recomendo para qualquer tipo de pessoa e para qualquer idade, desde um idoso até mesmo uma criança que aprendeu a ler há pouco tempo. O ponto de vista do Auggie é encantador e com toda a certeza fará qualquer leitor parar para refletir sobre seus próprios valores.

"Deveríamos ser lembrados pelas coisas que fazemos. Elas importam mais do que tudo. Mais do que aquilo que dizemos ou do que nossa aparência. As coisas que fazemos sobrevivem a nós. São como os monumentos que as pessoas erguem em honra dos heróis depois que eles morrem. Como as pirâmides que os egípcios construíam para homenagear os faraós. Só que, em vez de pedra, são feitas das lembranças que as pessoas têm de você. Por isso nossos feitos são nossos monumentos. Construídos com memórias em vez de pedra."


1. Saraiva
2. Amazon

3 comentários :

  1. Oi, Lu! Ótima resenha, adorei o que vc trouxe sobre o livro sem entregar muito dele.
    Queria tanto poder ir para o clube discutir sobre ele, mas infelizmente não poderei.

    Um Abraço.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Só essas citações já me dão vontade de correr para ler esse livro. Esse é um que está na minha wishlist faz tempo mas eu sempre acabo comprando outros livros. Agora que eu estou começando a planejar minha meta de leitura para 2017 vou colocar Extraordinário nela.
    Ótima resenha :)

    Epílogo em Branco

    ResponderExcluir
  3. Oii Luan!
    Faz tempo que quero ler esse livro e só fico prorrogando, depois de assistir o trailer da adaptação, fiquei bem emocionada. Espero conseguir ler antes de lançar o filme.
    Beijinhos!
    Amanhecer Literário

    ResponderExcluir