Resenha: Cinderela Pop - Paula Pimenta

Título: Cinderela Pop
Autor (a): Paula Pimenta
Editora: Galera Record
Gênero: Romance/Infantojuvenil
Número de Páginas: 160
Ano: 2015

Sinopse: Nesta versão estendida do super conto de Paula Pimenta no Livro das Princesas, Cinderela é reinventada. Cintia é uma princesa dos dias atuais: antenada, com opiniões próprias, decidida e adora música! Mas a garota vê seu cotidiano virar de cabeça para baixo depois da separação dos pais: vai morar com a tia, se afasta do pai e, principalmente, deixa de acreditar no amor. Até que um encontro inesperado e revelador a faz rever as próprias escolhas – havia mesmo um belo príncipe em sua história, e tudo que ele mais queria era descongelar o coração da nossa gata (nada) borralheira!

Cintia sempre teve uma vida maravilhosa, mas tudo muda quando um grande problema familiar a atinge e ela vê sua vida mudar completamente: ela para de falar com o seu pai, passa a morar com sua tia e tem que aprender a lidar com a distância de sua mãe, que está morando no Japão a trabalho. Mas o pior de tudo é o fato de que ela passa a desacreditar no amor. 

“O amor não existe. É uma invenção de Hollywood para iludir mocinhas inocentes e deixa-las com o coração partido depois. ”


Nessa mudança de vida ela encontra também uma paixão e vocação: ser DJ. O que ela não esperava é que isso pudesse trazer tantos problemas e ainda mais reviravoltas para sua vida, a fazendo mudar de ideia sobre muitos conceitos já decretados por ela mesma. 


A história se inicia quando na escola de Cintia passa a ser proibido o uso do celular, ela acaba tendo que falar com seu pai para ele ajudá-la a resolver esse problema. E ele acaba colocando uma imposição para poder resolver seu problema: ir à festa de 15 anos de suas “irmãs postiças”. Ela obviamente não quer ir, além de que ele pode acabar descobrindo que ela irá ser DJ nessa mesma festa (o pai dela não pode nem imaginar). E é nessa confusão que ela acaba conhecendo Fredy, uma pessoa muito especial, que vai acabar virando sua vida de ponta cabeça.

“Como se fossem quadrinhos em preto e branco, a animação contava a história de uma princesinha que, em vez de sapato alto, usava All Star, pois seus pés doíam muito se calçasse outro tipo de sapato. Um dia, ela conheceu um príncipe. E a vida dela ficou colorida. ”

A Paula Pimenta tem o grande dom de fazer o leitor se apaixonar por suas histórias. Ela conseguiu recriar muito bem o conto da Cinderela nos dias atuais e mesmo eu me lembrando o tempo inteiro que coisas assim jamais acontecem na vida real, consegui entrar nessa história e me deliciar com a mesma.

“Ao ver o sorrisinho que ele tinha colocado ao final da mensagem, um sorriso também se formou em meus lábios, sem a minha permissão. ”

Os personagens são bem construídos e todas as histórias são bem desenvolvidas. A protagonista é forte e muito decidida. O livro ainda possui uma narrativa leve e divertida, desenrola fácil e é completamente viciante. A Paula consegue te envolver não pela história em si, mas a sua forma de escrever e relatar o enredo.

“Cinderela Pop ... Nem Tive a chance de me despedir. Você realmente desapareceu às doze badaladas. ”

Cabe ainda salientar que o livro é cheio de páginas com notícias, tweets, mensagens e até mesmo postagens em blog (muito fofo, né?). Enfim, é a leitura perfeita para quem gosta de romances, quer algo leve e que nos faça suspirar a cada página lida.




Livros da série Princesas Modernas:














3 comentários :

  1. Acho o pai dela um cuzão. Prefiro qnd o pai morre pq ai não da uma de mau pau

    ResponderExcluir
  2. Eu sou louca para ler Paula Pimenta e cada resenha que leio de um livro dela só me faz aumentar a vontade, acho que preciso dar um jeito nisso...

    ResponderExcluir