Resenha: Laço Eterno Luz - Renata Melo

Título: Laço Eterno Luz ( #02)
Autor (a): Renata Melo
Edição: 2016
Nº de Páginas: 200
Editora: Buqui



Sinopse: Bruna é uma jovem enóloga que busca um novo começo após um trágico acidente que mudou completamente o rumo de sua vida e suas escolhas. Joaquim é engenheiro, bem-humorado, espirituoso e com um dom de enxergar o íntimo das pessoas que o cercam.
Os caminhos de Bruna e Joaquim não poderiam se cruzar em um momento mais oportuno. A moça busca redenção, e talvez só ele seja capaz de conceder-lhe essa graça. Almas gêmeas que mais uma vez se encontram. O que será que o destino irá lhes reservar?
Uma emocionante história de amor, esperança, perdão e gratidão. Laço Eterno Luz nos mostra que nem sempre tudo vai ser como planejamos, mas, de uma forma ou de outra, tudo vai acontecer como deveria ser desde o início.
Emocione-se com Bruna e Joaquim e embarque nesta história que mudará definitivamente sua perspectiva acerca da vida e de tudo que nos rodeia. Laço Eterno Luz é o segundo volume da trilogia escrita pela autora Renata Melo.

“É importante estarmos sempre atentos, pois nunca saberemos de tudo, só o essencial. Esse é o mistério da vida”



Bruna Gonzáles é uma premiada enóloga e sommelière uruguaia. Com seu talento único seria fácil prever um futuro de sucesso na vinícola da família, porém, um acidente muda seus caminhos e, necessitando fugir de seu passado e de sua história, ela decide recomeçar em outro lugar. Ao mudar-se para o Brasil, para trabalhar em uma vinícola em Bento Gonçalves, mal sabia ela que, ao fugir de seu passado, estaria indo de encontro a seu destino.

Joaquim Lorenzo é um engenheiro genial e preocupado com as causas sociais, um homem de belíssimo coração, bem-humorado e espirituoso, querido por todos. Uma pessoa de muita luz, com um dom extraordinário. Desde muito novo, percebeu que havia algo que o diferenciava das outras pessoas, um dom que com a ajuda de sua família foi trabalhado para seu bem e dos demais. Tão lindo por dentro como por fora, o belo engenheiro, a pedido do primo, vai até o aeroporto para buscar a nova enóloga que trabalhará na vinícola do mesmo. Assim que Joaquim põe os olhos em Bruna, ele sabe exatamente quem ela é e o que significa para ele.

Tendo o conhecimento que seu dom lhe prove, Joaquim sabe que Bruna está sofrendo e deseja ajudá-la a se recuperar. Bruna precisa perdoar a si mesma e somente o lindo homem que entrou inesperadamente em sua vida pode lhe ajudar. O sentimento repentino que cresce entre eles é forte e assustador, pois é algo tão novo, mas ao mesmo tempo tão antigo. Joaquim tem alguma ideia do que está se passando entre eles, no passo que Bruna está completamente perdida entre os sentimentos de culpa e esse novo sentimento que surgiu avassaladoramente entre eles.

Almas gêmeas que tornaram a se reencontrar, a cada vida precisam crescer e evoluir. Os obstáculos não são fáceis e o amor nem sempre vem sem uma dose de dor e, ás vezes, algumas almas estão destinadas a cumprir apenas certa missão na vida de outras, são como uma luz guia. Joaquim e Bruna precisam resolver suas pendências vindas de muito tempo atrás, precisam crescer para que seu amor tenha uma chance e, para isso, terão de aprender a confiar um no outro e em seus sentimentos.

“ — Eu lido diariamente com a morte. Ela vai chegar para mim, para você, para todos a nossa volta. Procuro não pensar como será minha dor, e sim ter certeza, quando for minha hora, de que eu tenha vivido intensamente e tenha feito valer a pena cada minuto que eu tenha vivido intensamente e tenha feito valer a pena cada minuto que tive. O resto não depende de nós. O que depende de mi é buscar a minha felicidade. [...]”


Laço Eterno Luz é um livro emocionante e forte, bastante reflexivo, embora requer do leitor uma mente aberta, pois, por mais que tenha uma linguagem simples, a história é um tanto quanto complexa. Tentar entender a relação entre as almas gêmeas e sua jornada de crescimento pode ser complicado. Em comparação com Laço Eterno, o primeiro livro da trilogia, este é infinitamente mais emocionante e profundo. Os sentimentos que a história transmite são mais intensos, trazendo temas como amar também é libertar, solidariedade e, principalmente, o perdão. O livro traz várias questões que devem ser refletidas e uma em especial me chamou a atenção, pois é algo muito presente nas pessoas hoje em dia: a nossa felicidade está no outro ou em nós mesmos?

A autora fez uma pesquisa de qualidade sobre vinhos, sobre a cultura e costumes da região em que decidiu ambientar a história, detalhes que enriquecem a obra. Em sua escrita Renata é altamente detalhista quanto a vestimenta dos personagens, o que pode vir a incomodar um pouco. Como já ressaltei antes, a linguagem é simples, mas com uma trama complexa, uma vez que não se trata apenas de um romance de "pessoas" e sim de almas gêmeas. Portanto, algumas cenas de Laço Eterno Luz são praticamente as mesmas de Laço Eterno, como uma repetição de acontecimentos, mas isso é apenas para ressaltar o fato de que são as mesmas almas do livro anterior, para mostrar como eles estão ligados e que devem se reconectar a cada vida, da forma que for preciso para seu crescimento.

Para os leitores que apreciam este tipo de conteúdo, é um bom livro que vale a pena a leitura, muito reflexivo, o tipo de livro que te faz tentar encaixar as peças e descobrir o quadro completo, que te faz ansiar pelo desfecho e saber como tudo vai terminar. Enfim, não posso falar muito para não soltar spoiler, leitura recomendada!


1. Saraiva


1 comentários :

  1. Pessoal li a trilogia, os livros são muito bons!! Melhor ainda agora que os três livros já estão publicados e não vão sofrer de ansiedade! Recomendo a leitura, as histórias tem emoção, suspense, belas lições de vida e muito amor!

    ResponderExcluir