Resenha: Um mais Um - Jojo Moyes

Título: Um Mais Um
Autor (a): Jojo Moyes
Edição: 2015
Nº de Páginas: 320
Editora: Intrínseca


Sinopse: Há dez anos, Jess Thomas ficou grávida e largou a escola para se casar com Marty. Dois anos atrás, Marty saiu de casa e nunca mais voltou. Fazendo faxinas de manhã e trabalhando como garçonete em um pub à noite, Jess mal ganha o suficiente para sustentar a filha Tanzie e o enteado Nicky, que ela cria há oito anos. Jess está muito preocupada com o sensível Nicky, um adolescente gótico e mal-humorado que vive apanhando dos colegas. Já Tanzie, o pequeno prodígio da matemática, tem outro problema: ela acabou de receber uma generosa bolsa de estudos em uma escola particular, mas Jess não tem condições de pagar a diferença. Sua única esperança é que a menina vença uma Olimpíada de Matemática que será disputada na Escócia. Mas como eles farão para chegar lá? Enquanto isso, um dos clientes de faxina de Jess, o gênio da computação Ed Nicholls, decide se refugiar em sua casa de veraneio por causa de uma denúncia de práticas ilegais envolvendo sua empresa. Entre ele e Jess ocorre o que pode ser chamado de ódio à primeira vista. Mas quando Ed fica bêbado no pub em que Jess trabalha, ela faz questão de deixá-lo em casa, em segurança. Em parte agradecido, mas principalmente para escapar da pressão dos advogados, da ex-mulher e da irmã — que insiste em que ele vá visitar o pai doente, Ed oferece uma carona a Jess, os filhos e o enorme cão da família até a cidade onde acontecerá o torneio. Começa então uma viagem repleta de enjoos, comida ruim e engarrafamentos. A situação perfeita para o início de uma história de amor entre uma mãe solteira falida e um geek milionário.

O livro traz a história de Jess Thomas, uma mulher batalhadora que trabalha em dois empregos para poder sustentar seus dois filhos e um cachorro folgado. Tornou-se mãe, casou-se muito cedo e sempre passou por muitas dificuldades na vida, principalmente depois de se separar do marido. Contudo, ela nunca perdeu o otimismo na vida e continua acreditando que no final tudo pode dar certo.


"Jess Thomas, a mulher que sempre dava um jeito, que passava a vida dizendo às crianças que "ia dar tudo certo", não estava conseguindo fazer aquilo dar certo."

Tanzie é a filha de Jess. Apaixonada pela matemática, passa boa parte do tempo resolvendo problemas matemáticos e equações que desafiam sua mente.


Já o Nicky é filho da ex-namorada do ex-marido de Jess. Ele veio morar com a família quando era um garoto e, após a separação, preferiu ficar com Jess e a irmã. É um adolescente deslocado e que vive em confusões.

"O segredo para uma vida feliz era uma memória curta."

Ed Nicholls é um gênio da computação, rico e que ama o seu trabalho, mas algo dá errado e o coloca numa encrenca tão grande ao ponto de ele estar ameaçado de prisão.

A forma como a vida desses quatro personagens se interligam é incrível, pois, Jess conhece Ed quando vai fazer faxina em sua casa. De cara ela não gosta dele. Mas o destino faz com que eles se encontrem outra vez em um bar, local em que ela trabalha a noite. Ele estava completamente bêbado e ela o ajudou a ir para casa. Nesse meio tempo, ela percebe que uma soma em dinheiro caiu do bolso de Ed, junto com o crachá da empresa em que ele trabalha.

"Coisas bosas acontecem com pessoas boas. Basta ter fé…"

Imediatamente ela pensa em devolver o dinheiro, mas lembrou-se da matrícula na escola onde Tanzie ganhara uma bolsa de estudos e das Olimpíadas de Matemática para qual sua filha foi convidada e que se fosse vencedora ganharia uma boa quantia em dinheiro. Então, ela fica com o dinheiro prometendo a si mesma que um dia pagaria ao Ed.

Jess toma uma decisão​ e leva sua filha as Olimpíadas, em um carro velho e sem seguro que está na sua garagem há um bom tempo. Todos entram no carro, Jess, Nicky, Tanzie e o cachorro Norman, partindo rumo a Escócia.

Todavia, eles mal conseguem sair do bairro e já são parados por policiais que apreendem o veículo e acabam com a possibilidade de ir a tão almejada olimpíada. Mas o destino faz com que Ed apareça novamente na vida de Jess, oferecendo ajuda que eles acabam aceitando e todos embarcam em uma viajem de carro até a Escócia que será bastante hilária e inesquecível.

No geral, a obra possui uma narrativa fluída e contagiante que, variando entre o romance e o drama familiar, traz um leque de emoções que proporciona ao leitor uma valiosa lição de vida e superação. O livro é bastante previsível, mas a história é tão bonita que isso passa a ser irrelevante.


"Quero ficar com você. Sei que metemos os pés pelas mãos nisso, mesmo assim me sinto mais certo errando com você do que normalmente me sinto quando, em tese, está tudo certo e estou sem você."

A leitura de "Um mais um" foi uma grande surpresa. Mesmo que a trama não tenha me surpreendido completamente, o alto teor emocional do livro foi o grande ápice do enredo, pois eu não esperava que a obra, de aparência leve e superficial, fosse tão emocionante. O que realmente me encantou foi que, através da leitura, eu ri, me emocionei e aprendi valiosas lições. 

Além disso, também me surpreendi com a capacidade da autora em descrever um cenário comum a milhares de mulheres batalhadoras que lutam diariamente para pagar as contas e colocar comida na mesa, mesmo que sejam constantemente pisoteadas pelas dificuldades do dia a dia, mas que continuam mantendo a esperança de uma vida melhor e de um futuro brilhante para os seus filhos. Portanto, é uma leitura imperdível para todos os leitores.


"Às vezes a gente precisa ficar um tempo afastado para entender as coisas na nossa cabeça. Isso deixa tudo mais claro."

1. Saraiva
2. Amazon


0 comentários :

Postar um comentário