Resenha: A Queda dos Anjos (Fim dos Dias) - Susan Ee

Título: A Queda dos Anjos (Fim dos Dias #1)
Autor (a): Susan Ee
Edição: 2016

Nº de Páginas: 279
Editora: Verus Editora



Sinopse: Quando o mundo que conhecemos está prestes a ser arrasado, é preciso apostar tudo na redenção. Os anjos do apocalipse chegaram e vieram para aterrorizar a humanidade e acabar com o mundo moderno. Gangues de rua tomam conta do dia, enquanto o medo e a superstição dominam a noite. Quando anjos guerreiros sequestram uma menininha indefesa, sua irmã mais velha, Penryn, fará o que for preciso para salvá-la. Até mesmo um acordo com um anjo inimigo. Raffe é um guerreiro caído, que perdeu as asas. Depois de eras lutando suas próprias batalhas, ele é resgatado de uma situação desesperadora pela jovem Penryn, que concorda em ajudá-lo desde que ele mostre a ela como encontrar sua irmã. Viajando por um mundo sombrio e perigoso, eles podem contar apenas um com o outro para sobreviver. Juntos, vão em direção à fortaleza dos anjos em São Francisco, onde Penryn arriscará tudo para resgatar sua irmã e Raffe se colocará à mercê de seus piores inimigos pela chance de voltar a ser inteiro.


O livro traz a história da Penryn, uma adolescente de 17 anos, que tem sobre suas costas o peso de alimentar e manter sua mãe louca e uma irmã paralítica. Depois da destruição do mundo moderno, a raça humana foi reduzida à alguns poucos sobreviventes que agora lutam entre si por alimento e pela própria sobrevivência depois que os Anjos atacaram e praticamente dizimaram toda a população.

E é neste cenário apocalíptico que encontramos Penryn lutando para sobreviver com sua família. Quando ela decide que se esconderem não garantirá sua segurança por mais tempo, elas arriscam tudo para tentar procurar um lugar melhor lá fora. Mesmo que à noite todos os piores pesadelos ganhem vida, durante o dia com as gangues de rua andando por aí também não é uma opção muito segura e, assim, elas resolvem encarar as sombras.

O plano dá errado quando as três se vêem no meio de uma luta épica entre anjos. Sem saber o que fazer, Penryn não consegue ficar observando e tenta ajudar o anjo Raffe que está sendo massacrado e, assim, em uma reviravolta horrível, ela perde sua irmã que é sequestrada por esta alcateia com asas, mas ganha um companheiro e aliado bastante improvável por um tempo.

"Meu cérebro paralisa de medo. Só consigo pensar em distrair o anjo enquanto a minha mãe empurra Paige para um lugar seguro."

A corrida contra o tempo começou e Raffe vai em busca de reaver seu lugar junto aos de sua espécie enquanto Penryn tentará salvar sua irmãzinha de sete anos que foi raptada pelos anjos que dilaceraram Raffe. Juntos, eles terão que lutar para sobreviver e a cada passo, novos perigos estarão à espera.

"Tudo o que ouço são os gritos dos demônios. Os sons são tão estranhamente humanos que um arrepio percorre a minha espinha."

Com uma escrita envolvente e cheia de suspense, a autora envolve o leitor desde as primeiras páginas do seu livro. Carregada de cenas de ação, muito mistério, um pouco de romance e personagens bem construídos, a trama prende o leitor e o faz ansiar por mais história.

Um dos pontos que mais me agradaram nessa obra, além das cenas de ação, foi como a autora retratou a protagonista: uma personagem forte, porém humana, em que, apesar de suas limitações, não mede esforços para encontrar sua família e salvar aqueles que ama. Raffe também foi um ótimo personagem, e é impossível não gostar dele, mesmo quando a todo custo ele faz questão de se mostrar superior a espécie de Penryn, mas, existe um motivo por trás do seu comportamento agressivo.

Em "A queda dos anjos", Susan Ee mostra como é possível inovar mais uma vez no gênero sobrenatural e distópico, e agradar todo e qualquer tipo de leitor. Mal posso esperar para ter a continuação em mãos e iniciar logo a leitura.

Próximo livro:


1.  Saraiva
2. Amazon

0 comentários :

Postar um comentário