Resenha: Anjo Mecânico (As Peças Infernais #1) - Cassandra Clare

Título: Anjo Mecânico (As Peças Infernais #1) - O mundo antes de Os Instrumentos Mortais.
Autora: Cassandra Clare
Edição: 2012
Nº de Páginas: 392
Editora: Galera Record


Sinopse: Tessa Gray tem um anjinho mecânico pendurado no pescoço, um presente de família do qual nunca se separa. O tique-taque do pingente faz com que ela se sinta segura junto à lembrança dos pais, que já morreram. Mal sabe Tessa que esse barulhinho muito em breve vai se tornar o odioso som de um exército comandado por forças do Submundo. Com os Caçadores de Sombras e seu recém-descoberto poder sobrenatural, ela enfrentará uma guerra mortal entre os Nephilim e as máquinas do Magistrado, o novo comandante das trevas na Londres vitoriana.

As Peças Infernais é uma trilogia que mistura elementos do gênero fantasia e steampunk, cuja trama é ambientada na esplendorosa Londres vitoriana. E, como antecessora da série Os Instrumentos Mortais, nos apresenta o submundo e seus integrantes (caçadores de sombras, feiticeiros, demônios, fadas, entre outros seres sobrenaturais) sob um olhar particular e inusitado.



"Não tem problema amar alguém que não te ame, contando que seja digno do seu amor. Contanto que ele mereça."

E assim o primeiro livro da trilogia, Anjo Mecânico, é o responsável por nos apresentar o cenário da história e seus personagens principais, e onde também passaremos a acompanhar a jovem Tessa Gray em seu desembarque na chuvosa Londres, uma cidade tão diferente de Nova York,  lugar em que viveu por anos até a morte recente de sua tia.


"Mas não foi isso que a fez parar. Ele tinha o rosto mais bonito que Tessa já vira. Cabelos pretos emaranhados e olhos como vidro azul. Maçãs do rosto elegantes, lábios cheios, e cílios longos e espessos. Ate a curva da garganta era perfeita. Parecia com todos os heróis fictícios que já tinha imaginado. Apesar de nunca os ter imaginado xingando-a enquanto sacudiam a mão sangrenta de forma acusatória."


Pelo fato de estar sem família na extensão do continente  norte-americano, Tessa se muda para Londres no intuito de viver com o seu irmão mais velho, Nate. Contudo, ao chegar à cidade ela descobre seu verdadeiro destino, mergulhando em uma grande trama de poderes sobrenaturais para os quais ela nunca havia sido apresentada e, em meio a dor e a esperança, descobre que não é normal​.

"Às vezes, quando tenho que fazer alguma coisa que não quero, finjo ser o personagem de algum livro. É mais fácil saber o que eles iriam fazer."

Diante disso, enquanto Tessa luta por sua sobrevivência e aprende a cada dia mais sobre o que realmente é, os caçadores de sombras do instituto de Londres se mobilizam para descobrir e punir os responsáveis pelas inúmeras mortes de mundanos que estão acontecendo no perímetro da cidade.

Logo, por não existirem dúvidas de que tais mortes estão ligadas ao mundo sobrenatural, em busca de respostas, os jovens caçadores de sombras, James Carstairs e William Herondale, irão mergulhar ao lado da jovem Tessa em uma trama repleta de ação, mistério e muito romance.


"Seja como for fisicamente," disse ele, "homem ou mulher, forte ou fraco, doente ou saudável, tudo isso importa menos do que o que há em seu coração. Se tiver a alma de um guerreiro, você é um guerreiro. Independente da cor, da forma, do tom que a envolve, a chama do lampião permanece a mesma. Você é aquela chama."

Com uma escrita cativante, a autora​ leva seus leitores à uma viajem pela antiga Londres, assim como os personagens trazem muita verdade através de suas dúvidas e anseios, o que acaba tornando a obra uma coisa magnífica de se ler. Cassandra Clare com certeza é uma das minhas escritoras favoritas. 

Algo que gostei bastante na obra foi a forma como a autora nos apresentou o triângulo amoroso envolvendo os personagens Tessa, James e William, que aos poucos vai sendo desenvolvido, pois, tanto a Tessa quanto o James e o Will são incríveis, além de que a química entre eles é de tirar o fôlego, o que torna difícil torcer apenas por um.

"Quando você encontrar um homem com quem deseja se casar, Tessa, lembre-se: Você saberá o tipo de homem que ele é não pelas coisas que ele diz, mas pelas coisas que faz."

E para quem ainda não sabe, Cassandra Clare é a mesma autora da série "Os Instrumentos Mortais", sendo assim, "As Peças Infernais" é um prelúdio​ dessa série. Portanto, se você ainda não leu a história de Clary Fairchild, isto não prejudicará em nada a leitura de Anjo Mecânico. Mas é claro que a leitura se tornará ainda mais rica e proveitosa se você ler a série que a antecede, já que muito do universo que ela aborda em As Peças Infernais pode ser visto nos livros de Os Instrumentos Mortais. Indico bastante essa leitura.

"Sempre se deve ter cuidado com os livros", disse Tessa, "e com o que está dentro deles, pois as palavras têm o poder de nos transformar​."

Próximo Volume:



0 comentários :

Postar um comentário