Resenha: Renascer (Eva, vol. 3) - Anna Carey

Título: Renascer (Eva #3)
Autora: Anna Carey
Edição: 2018
Nº de Páginas: 256
Editora: Galera Record


Sinopse: A conclusão da fábula épica de Anna Carey sobre romance e sacrifício na arrepiante distopia da Nova América 

Depois de perder sua alma gêmea, Caleb, Eva se vê obrigada a fazer o papel da princesa feliz e patriota de Nova América. Presa em seu próprio palácio, sua vida se torna uma mentira. 

Porém Eva irá lutar pelo que acredita, pela lembrança de Caleb, e pela revolução que ambos almejavam. Partindo de onde Caleb parou, ela planeja derrubar a Nova América, a começar pela capital – a Cidade de Areia, com a ajuda de Moss, infiltrado na corte do Rei. 

Porém não será fácil cumprir seu papel nessa história. Afinal, sua primeira grande missão é um caminho sem volta: para construir um mundo novo e livre Eva precisará matar seu próprio pai.


Renascer é o último volume da trilogia distópica chamada "Eva" e traz a continuação do livro anterior. O enredo se inicia com a nossa protagonista,Eva, que se encontra casada com Charlie e a cada dia mais infeliz com essa união matrimonial, uma vez que, além de estar de luto pela morte de seu amado Caleb, ela ainda foi obrigada pelo pai a se casar mesmo estando apaixonada por outra pessoa.

"Ele deixou muito espaço na minha vida. O sentimento de vazio expansivo parecia impossível para preencher com qualquer outra coisa."

Diante de tudo isso, ela se torna oficialmente uma rebelde, tramando junto com Moss a melhor forma de tirar o pai do poder. Só resta saber se a princesa terá coragem para matá-lo no momento certo. Nesse livro Eva e Clara estão mais amigas, mas nossa heroína ainda tem medo de confiar nas pessoas, principalmente depois do que aconteceu com Caleb. No entanto, ao mesmo tempo ela teme o que acontecerá com os seus amigos e aliados quando os rebeldes iniciarem o ataque. Isto porque, Eva ainda é assombrada pelo o que aconteceu com suas amigas Arden, Pip e Ruby.

Eis que as coisas não dão tão certo como se esperava e Eva precisará fugir da Cidade de Areia, sendo que no caminho conseguirá libertar algumas garotas de uma escola que tinham sido trazidas para a cidade com o início da rebelião. Desse modo, elas partem juntas para Califa em busca de refúgio, entretanto, o caminho será longo e com muitos desafios.



O livro é legal, apesar de apresentar algumas quebras na leitura, mas o que mais me decepcionou enquanto estava lendo foi a forma como a autora resolveu finalizar a trama, pois a história foi muito bem desenvolvida durante os dois volumes anteriores para chegar no último em que esperamos algo grandioso e não ser. A sensação que ficou ao término foi de frustração. Anna Carey deixou muitas arestas em aberto, não explicando os pontos principais da história.

Enfim, esperava bem mais da trilogia. Alguns personagens que foram centrais e importantes durante todo o enredo ficaram sem um final e até a própria Eva ficou sem um desfecho específico, pois a impressão que ficou foi que a autora queria deixar o clímax para as últimas páginas sendo que o restante pareceu uma pura enrolação. Contudo, a história também teve pontos positivos como por exemplo os personagens que são cativantes, a escrita impecável da autora e o universo distópico que foi muito bem construído.








1. Amazon
2. Saraiva
3. Submarino

0 comentários :

Postar um comentário