Resenha: O Ódio Que Você Semeia - Angie Thomas

Título: O Ódio Que Você Semeia (The Hate U Give)
Autora: Angie Thomas
Edição: 2017
Nº de Páginas: 378
Editora: Galera Record


Sinopse: Uma história juvenil repleta de choques de realidade. Um livro necessário em tempos tão cruéis e extremos.
Starr aprendeu com os pais, ainda muito nova, como uma pessoa negra deve se comportar na frente de um policial.
Não faça movimentos bruscos.
Deixe sempre as mãos à mostra.
Só fale quando te perguntarem algo. 
Seja obediente.
Quando ela e seu amigo, Khalil, são parados por uma viatura, tudo o que Starr espera é que Khalil também conheça essas regras. Um movimento errado, uma suposição e os tiros disparam. De repente o amigo de infância da garota está no chão, coberto de sangue. Morto.
Em luto, indignada com a injustiça tão explícita que presenciou e vivendo em duas realidades tão distintas (durante o dia, estuda numa escola cara, com colegas brancos e muito ricos - no fim da aula, volta para seu bairro, periférico e negro, um gueto dominado pelas gangues e oprimido pela polícia), Starr precisa descobrir a sua voz. Precisa decidir o que fazer com o triste poder que recebeu ao ser a única testemunha de um crime que pode ter um desfecho tão injusto como seu início.
Acima de tudo Starr precisa fazer a coisa certa.
Angie Thomas, numa narrativa muito dinâmica, divertida, mas ainda assim, direta e firme, fala de racismo de uma forma nova para jovens leitores. Este é um livro que não se pode ignorar.

Neste livro iremos acompanhar a trajetória da jovem Starr, que conduz sua vida como  se fosse duas pessoas completamente diferentes​. Em um determinado momento do seu dia ela é a menina certinha que estuda em uma escola com maior predominância de pessoas brancas e que tenta não chamar a atenção, ou mesmo se encaixar naquele padrão definido pela sociedade. Enquanto que em outro momento, quando está em casa ou no seu bairro, ela é uma garota negra como qualquer outra, com seus gostos musicais, suas roupas normais, mas que não se encaixa naquele âmbito em que frequenta quando vai ao colégio ou mesmo quando namora o rapaz branco e charmoso.

Eis que no meio dessa dupla rotina que a adolescente Starr leva, ela irá​ a uma festa em seu bairro onde acontecerá uma confusão e com isso ela pegará carona com o seu primeiro crush, o Khalil, que também é o seu melhor amigo desde a infância. Os dois jovens saem da festa e são parados por uma viatura da polícia durante a noite.


"Nós deixamos as pessoas falarem certas coisas. E eles falam tanto, que se torna normal pra eles e para nós. Qual é o sentido de ter uma voz, se ficamos calados quando não deveríamos?"


Starr aprendeu desde muito novinha como uma pessoa negra deve se comportar frente a uma abordagem policial, que seria sem movimentos bruscos, mãos onde eles possam ver.

E essa é a triste realidade do que o ódio e o julgamento podem fazer por causa da cor de sua pele. Um movimento errado, uma suposição e o Khalil é assassinado, deixando para trás o trauma na garota e o sentimento de injustiça.

"Às vezes, você pode fazer tudo certo, e mesmo assim as coisas dão errado. O importante é nunca parar de fazer o certo."

Starr é a única testemunha do crime e precisa aprender a usar sua própria voz para clamar justiça antes que as investigações levem a culpa para cima do garoto. Neste sentido, Starr resolve que não pode mais se calar, não pode mais aceitar, pois só o que ela quer é ser ouvida e dar voz aos milhões de negros que sofrem preconceitos diários por conta de sua origem e cor da pele.




O Ódio Que Você Semeia (The Hate U Give) é um livro jovem adulto muito importante para ser lido e debatido, uma vez que a obra discute e discorre de forma simples e objetiva o mal que é o tal do preconceito racial.

Além disso, a trama é bem amarrada e a narrativa é envolvente, muito convincente. É impossível não se comover com todo o desenrolar do caso de Khalil.

E é por meio de tantas discussões importantes, personagens cativantes e bem construídos, uma ambientação realista e um desfecho emocionante, que 'The Hate U Give' se torna uma obra impecável. Provavelmente o livro mais importante dos últimos tempos. Indico a leitura!

"The Hate U Give Little Infants Fucks Everybody, ou, o ódio que você passa para as criancinhas fode todo mundo."

A história da Starr também foi adaptada para os cinemas e contou com a atuação de grandes nomes no elenco como: Amandla Stenberg, Regina Hall, Russell Hornsby, Common, Anthony Mackie e Issae Rae. A adaptação cinematográfica é ótima e cumpriu muito bem o papel de transmitir a mensagem principal do livro.

12 comentários :

  1. Oie!

    Com certeza uma dos melhores que li ano passado. A autora coloca de forma direta e simples um tema super pesado, fiquei presa a leitura e mexeu muito comigo.
    E concordo, a adaptação ficou ótima e fez todo jus. Eu me emocionei demais.

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro merece muito reconhecimento, tbm foi o melhor livro que li no ano passado.

      Excluir
  2. Adorei o post! Eu tenho esse livro em e-book no Kindle, e já estou querendo ler tem um tempinho. Gostei muito da sinopse, dos quotes e de saber mais sobre o livro e a sua opinião sobre ele. Gosto de livros que são importantes ser lidos e debatidos. Não sabia que tinha a adaptação cinematográfica, muito interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia e assista o filme, ambos são incríveis. Depois quero saber o que vc achou!

      Excluir
  3. Oiii! Ainda não li o livro, mas tenho acompanhado os posts de alguns colegas que leram, e me parece uma história que de fato valia a pena ler e refletir, não é verdade?
    Gosto de histórias que nos puxam a pensar sobre as atitudes de alguns seres humanos "que se dizem racionais" e o mundo a nossa volta!
    Não sabia que estava adaptado às telinhas! Adoro assistir adaptações, embora muitos critiquem!
    Adorei seu trabalho por aqui, viu?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Eu tô louca pra ler esse livro desde o lançamento. Prevejo muitas lágrimas por se tratar de uma temática mais pesada, porém necessária. Amei a resenha!

    Beijinhos ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente um livro que emociona e nos traz a reflexão. Muito obrigado!

      Excluir
  5. Oi! Tudo bem?

    Estou com esse livro aqui em casa, mas ainda não tive oportunidade de ler. Felizmente, vi muitas resenhas positivas e percebi que a temática atingiu muito gente - o que e ótimo, pois o racismo é um tema que PRECISA ser discutido e com urgência! Ainda não vi o filme porque quero ter a experiência de leitura antes, mas também ouvi dizer que está ótimo. Muito boa a sua resenha!

    Literalize

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro e o filme são muito bons, leia e me fale depois o que achou.

      Excluir