Resenha: Era uma vez no Outono - Lisa Kleypas

Título: Era uma vez no Outono
Autora: Lisa Kleypas
Tradução: Maria Clara de Biase
Edição: 2016
Nº de Páginas: 288
Editora: Arqueiro


Sinopse: A jovem e obstinada Lillian Bowman sai dos Estados Unidos em busca de um marido da aristocracia londrina. Contudo nenhum homem parece capaz de fazê-la perder a cabeça. Exceto, talvez, Marcus Marsden, o arrogante lorde Westcliff, que ela despreza mais do que a qualquer outra pessoa.



Marcus é o típico britânico reservado e controlado. Mas algo na audaciosa Lillian faz com que ele saia de si. Os dois simplesmente não conseguem parar de brigar.


Então, numa tarde de outono, um encontro inesperado faz Lillian perceber que, sob a fachada de austeridade, há o homem apaixonado com que sempre sonhou. Mas será que um conde vai desafiar as convenções sociais a ponto de propor casamento a uma moça tão inapropriada?



"-   Que comece o caos - murmurou ele." - Página 16

Essa é a reação de Lord Westcliff quando é avisado pela irmã, Lady Olivia, de que a família Bowman acabara de chegar em Stony Cross Park. E, a partir daí, leitores, sabemos por onde o livro nos levará. E ele nos conduzirá por uma história de amor com risadas e diálogos espirituosos. Segundo livro da série As quatro estações do amor de Lisa Kleypas, Era uma vez no Outono narra a história de Lillian Bowman, a herdeira americana e Marcus Marsden, o conde de Westcliff. 

Quem leu o livro anterior sabe que os dois já se conhecem e já se encontraram em circunstância bem inusitada, e também divertida. A impressão que cada um tem em relação ao outro não é tão favorável assim, mas também sabemos que por baixo disso uma faísca se acendeu, e na história deles é claro que isso se torna bem maior.

De novo a Lisa Kleypas não me decepcionou e fui conquistada pelo romance do casal protagonista, eles combinam perfeitamente. Os dois têm personalidades muito parecidas e estão sempre se provocando, o que rende diálogos engraçados e muita tensão no ar. Para Westcliff, Lillian não era a esposa ideal, já que ela não se comporta como uma mulher deveria se comportar. Ela tem uma personalidade forte, não leva desaforo para casa, se mete em confusão e está sempre pronta a aceitar um desafio. Para Lillian, Westcliff é bem arrogante, muito certinho e adora mandar nos outros, e chega até dizer umas coisas para ela no estilo Mr, Darcy de ser. Conforme eles vão se conhecendo durante seus encontros e desencontros, eles perceberão que há muito mais motivos para se apaixonarem do que para se detestarem.

Só que antes desses dois admitirem o que sentem um pelo outro alguém aparece no caminho deles e este nada mais é do que Sebastian, Lord St. Vincent, o homem mais afamado e o mais libertino de toda a Londres e amigo de Westcliff de longa data. Aqui a autora nos mostra um pouco desse libertino e, leitoras, o homem sabe conquistar, tem uma fala macia que só ele. Porém, no entanto, contudo e todavia, Sebastian não é só conversa mole sussurrada no ouvido e faz uma coisa que eu não esperava que ele fizesse, quando eu li eu pensei “Porra, Sebastian! ”. Quero ver como a autora vai lidar com isso no próximo livro. Falando nisso, ainda em Era uma vez no Outono sabemos um pouco mais sobre a situação desesperadora que Eve se encontra, e o que ela faz para resolver isso é cliffhanger para o próximo livro, Pecados de Inverno.


As outras Flores Secas também marcam presença em Era uma vez no Outono e eu bato palmas para a amizade dessas mulheres. Acho muito legal como a autora mostra isso. Todas se apoiam umas nas outras, e confiam, e partilham segredos, são cúmplices nas artimanhas e se cuidam, mas também puxam uma a orelha da outra quando é necessário. Isso também vale para o relacionamento entre as irmãs Bowman, é muito lindo de se ver. 

Mas uma coisa que me incomodou durante a leitura foi a primeira vez de Lillian e Westcliff. Não gostei de como aconteceu, e se tivesse sido de maneira diferente, teria sido bem melhor, com certeza. Depois dessa cena as outras são bem legais.

Me despeço com um diálogo entre Westcliff e a irmã dele logo no começo do livro, sobre Lillian Bowman e as similaridades que ela tem com ele e, óbvio, deixo aqui a minha recomendação para a leitura dessa série. Westcliff sabe ser um fofo quando quer, e você vai se apaixonar :)

O trecho a seguir encontra-se nas páginas 16-17 da versão impressa do livro.

[...] "Começando a achar que ser irmão estava sendo duro demais com Lillian Bownam, Livia franziu a testa.
- Ela é uma garota muito bonita, Marcus.
- Uma fachada bonita não é o suficiente para compensar as falhas de caráter dela.
- Que são…?
Marcus emitiu um leve som de mofa, como se os defeitos da Srta. Bowman fossem óbvios demais para requerer enumeração.
- Ela é manipuladora.
Você também é, querido.
Ele ignorou o comentário.
- Ela é dominadora.
- Como você.
Ela é arrogante.
Você também - disse Livia alegre.
Marcus a olhou de cara feia.
- Achei que estivéssemos discutindo os defeitos da Srta. Bowman, não os meus.
- Vocês parecem ter muito em comum - declarou Livia com uma inocência um tanto exagerada.".

Até Pecados de Inverno!








2. Amazon
4. Saraiva



Postado por:

10 comentários :

  1. Adorei a resenha incrível! Foto linda demais do post! Estou amando as dicas de leitura do gênero romance de época da autora Lisa Kleypas. E olha que sou bem exigente rs'. Sério, estou anotando tudo e comprando para ler todas que eu puder esse ano. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom! Os livros da Lisa Kleypas sao maravilhosos, rainha dos romances de época.
      Obrigada :)

      Excluir
  2. Que capricho de resenha! Eu ainda não li nada da autora, mas tenho vontade pq gosto muito dessa vibe literária. Sua resenha ajudou bastante nessa minha vontade!
    Adorei seu carinho por aqui!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, meu Deus, obrigada! Faço a resenha com muito carinho e me divirto muito no processo. Que bom que pude te ajudar e espero que voce curta bastante Lisa Kleypas :)

      Beijos!

      Excluir
  3. Hey Leila! Tudo bem?
    Não tenho o hábito de ler romances de época, mas este me chamou bastante atenção! Adorei sua resenha sobre Era Uma Vez no Outono!
    Um grande abraço!

    | Blog Misto Quente | Siga no Instagram | Curta no Facebook |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! Tudo muito bem 😊
      Obrigada. Espero que voce goste desse e dos outros livros da Lisa Kleypas :)

      Bjs

      Excluir
  4. Não li a resenha toda por medo de pegar spoiler do livro anterior porque quero muito ler essa série! Eu amo os livros do gênero e não poderia deixar de ler esse também :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! Espero que você leia, até agora estou gostando bastante. No blog também tem resenha do livro anterior, se te interessar.

      Abraços!

      Excluir
  5. Oi!
    Adorei a resenha, gosto muito quando posts me fazem ter vontade de ler romances hihihi. Inclusive, que capa linda hein? Me lembra edições internacionais de livros dos anos 80 e 90.
    Abraços,
    Literalize-se

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! Ah, obrigada. Pegue um desses romances e leia num dia chuvoso, ajuda bastante a vibe.
      A capa é linda mesmo 😉

      Abraços!

      Excluir